29 de octubre del 2000
Va al Ejemplar actual
PNUMAPNUD
Edición Impresa
MEDIOAMBIENTE Y DESARROLLO
 
Inter Press Service
Buscar Archivo de ejemplares Buzón
  Noticias
Home Page
Ejemplar actual
Reportajes
  Exclusivo para la red
  Análisis
  Grandes Plumas
  Acentos
  Entrevista y P&R
  Ecobreves
  ¿Lo sabías?
  Tú puedes
  Libros
  Galería
Ediciones especiales
Gente de Tierramérica
  ¿Quiénes somos?
  Servicios
  FAQ
Geojuvenil
Espacio de debate hecho por jóvenes y para Jóvenes
Geojuvenil
 

Eduterra
Proyecto educativo

Eduterra

 
Cambio Climático
Proyecto de soporte a negociación ambiental

Cambio Climático

  Inter Press Service
Principal fuente de información
sobre temas globales de seguridad humana
  PNUD
Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo
  PNUMA
Programa de las Naciones Unidas para el Medio Ambiente
 
Ecobreves

 
 

Resíduos como combustível

Havana - O uso de resíduos da indústria açucareira como fonte de energia renovável e de baixo custo será discutido por especialistas de 15 países em um seminário em Cuba, que acontecerá entre 7 e 9 de novembro.

A agenda de trabalho inclui a análise da eficiência energética no processo de produção de açúcar e derivados, a biomassa da cana como combustível para gerar calor e eletricidade e o impacto ambiental.

A geração de energia a partir de excedentes da agroindústria do açúcar é importante para o impulso de ações destinadas a reduzir as emissões de gases que provocam o efeito estufa, que causa alteração no clima.

 
 

Limpeza do fundo do mar

Santafé de Bogotá - Cerca de três toneladas de lixo foram retiradas do fundo do mar durante a quarta Jornada de Limpeza Submarina e Praias, realizada numa reserva natural do Caribe colombiano.

A jornada, realizada no dia 7 deste mês nas ilha do Rosario, teve o apoio de empresas privadas, do Centro de Conservação Marinha e do Ministério do Meio Ambiente e a participação de 200 mergulhadores profissionais e amadores.

A poluição no local diminuiu em relação a 1997 e 1998, quando foram retiradas, respectivamente, cinco e quatro toneladas de lixo, disse Carlos Fajardo, da equipe de mergulhadores. As Jornadas de Limpeza Submarina e Praias acontecem atualmente em cerca de 90 países e, no ano passado, permitiram a retirada de 600 toneladas de lixo.

 
 

À espera do selo de qualidade

Buenos Aires - A Argentina espera que a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) declare em novembro "reserva da biosfera" o delta de San Fernando, uma área de ilhas de aproximadamente 900 quilômetros quadrados, vizinha à capital.

As ilhas do rio Paraná, em sua desembocadura no rio da Prata, são um mosaico de mangues e habitat de aproximadamente 700 espécies animais e vegetais - a metade destes últimos apta para a produção de alimentos e remédios.

Um representante do projeto da Unesco "O Homem e a Biosfera" visitou o delta de San Fernando para conhecer o local, cuja escassa população demonstra preocupação pelo ambiente natural. A Argentina já possui sete reservas da biosfera. O delta deverá competir com outras 367 áreas de 90 países, para ser indicado.


*Fonte: Inter Press Service.



Copyright © 2000 Tierramérica. Todos los Derechos Reservados