Va al Ejemplar actual
PNUMAPNUD
Edición Impresa
MEDIOAMBIENTE Y DESARROLLO
 
Inter Press Service
Buscar Archivo de ejemplares Audio
 
Home Page
Ejemplar actual
Reportajes
  Análisis
  Grandes Plumas
  Acentos
  Entrevista y P&R
  Ecobreves
  ¿Lo sabías?
  Tú puedes
  Libros
  Galería
Ediciones especiales
Gente de Tierramérica
  ¿Quiénes somos?
Geojuvenil
Espacio de debate hecho por jóvenes y para Jóvenes
Geojuvenil
 
Cambio Climático
Proyecto de soporte a negociación ambiental

Cambio Climático

  Inter Press Service
Principal fuente de información
sobre temas globales de seguridad humana
  PNUD
Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo
  PNUMA
Programa de las Naciones Unidas para el Medio Ambiente
 
Ecobreves

 
 

Os burros em perigo

Santiago - O burro, fiel animal de carga ligado à sagrada família cristã na Bíblia, a Sancho Panza em Dom Quixote e que inspirou "Platero y yo" (O ourives e eu), de Juan Ramón Jiménez, corre risco de extinção no Chile.

A população de burros no país diminuiu 40% nos últimos 30 anos e restam apenas 22.213 exemplares, segundo o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Sua maior concentração está na semi-desértica IV Região, cerca de 450 quilômetros ao norte de Santiago, onde são usados como animais de carga em plantações de alho e pimentão.

 
 

Salvar os rios

Rio de Janeiro - Salvar os rios do Brasil é prioridade este ano, afirmou o ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho. Com essa finalidade, está sendo preparado um programa de despoluição das bacias hidrográficas, a cargo da Agência Nacional da Água (ANA).

A orientação básica é estimular o saneamento. As prefeituras ou as empresas privadas, quando for o caso, receberão recursos de acordo com o resultado final, e não para o financiamento de obras que, muitas vezes, ficam inacabadas, explicou Jerson Kelman, presidente da ANA.

Cada real aplicado em água limpa economiza cinco reais em assistência médica, acrescentou. Mas, menos de 10% do esgoto industrial e urbano no Brasil é tratado antes de ser jogado nos rios ou no mar. O programa conta com uma verba de US$ 8,8 milhões.

 
 

Jardim de borboletas

San José - O Instituto Nacional de Biodiversidade (INBio) da Costa Rica, uma organização não-governamental de cientistas e ativistas unidos pela conservação, abrirá em abril um jardim interativo de borboletas do trópico.

O INBio, ganhador de um prêmio Príncipe de Astúrias por suas pesquisas ambientais, oferecerá ao público um jardim onde será possível ver o nascimento e a metamorfose das crisálidas em mariposas.

O jardim estará localizado no INBioparque de Santo Domingo de Heredia, 11 quilômetros a leste de San José, um centro de recreação sobre biodiversidade que foi convertido em atração turística.

 
 

Espécies perigosas

Caracas - Animais e plantas procedentes de outros países e ecossistemas podem transformar o ambiente onde vivem e até deslocar as espécies locais, adverte o Escritório Nacional de Diversidade Biológica da Venezuela. Este país é o sexto entre os de maior diversidade biológica do mundo.

Entretanto, algumas espécies exóticas, como as trutas, diminuíram a população de peixes autóctones nos rios dos Andes. Outro caso é o da mojarra de rio, nativa do ocidental lago de Maracaibo, e que, agora, é encontrada em quase todos os rios do norte do país.

A rã aquática pipa parva, também originária desse lago, converteu-se em uma praga porque alimenta-se de peixes pequenos.

*Fonte: Inter Press Service.



Copyright © 2001 Tierramérica. Todos los Derechos Reservados