Va al Ejemplar actual
PNUMAPNUD
Edición Impresa
MEDIOAMBIENTE Y DESARROLLO
 
Inter Press Service
Buscar Archivo de ejemplares Audio
 
  Home Page
  Ejemplar actual
  Reportajes
  Análisis
  Acentos
  Ecobreves
  Libros
  Galería
  Ediciones especiales
  Gente de Tierramérica
                Grandes
              Plumas
   Diálogos
 
Protocolo de Kyoto
 
Especial de Mesoamérica
 
Especial de Agua de Tierramérica
  ¿Quiénes somos?
 
Galería de fotos
  Inter Press Service
Principal fuente de información
sobre temas globales de seguridad humana
  PNUD
Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo
  PNUMA
Programa de las Naciones Unidas para el Medio Ambiente
 
Ecobreves

 
 

BRASIL: Festival de cinema

Curitiba - Cerca de US$ 110 mil em prêmios serão distribuídos no terceiro Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que acontecerá de 13 a 17 de junho em Goiás Velho, no centro do País. Participarão 17 produções brasileiras e 18 estrangeiras, selecionadas entre 360 obras de 50 países.

O jurado premiará produções de longa, curta e média duração, sejam em película ou vídeo. Um poético vídeo sobre o rio que cruza Recife, e outro do cubano Rigoberto López sobre Porto Príncipe, capital do Haiti, foram premiados nas duas edições anteriores do festival. "Pretendemos consolidar um pólo de produção audiovisual em Goiás e defender o cerrado, num extenso ecossistema de grande biodiversidade", explicou ao Terramérica a diretora do festival, Assunção Hernandes.

 
 

VENZUELA: Tartarugas arrau protegidas

Caracas - Cerca de 11500 tartarugas arrau foram libertadas no rio Orenoco, graças a um programa de conservação do Ministério do Meio Ambiente venezuelano.

As tartarugas são recolhidas nas praias e levadas a um refúgio no estado do Amazonas. No ano passado foram salvos 300 ninhos e espera-se que a quantidade aumente para 700 em 2002. Assim, seria possível libertar 25 mil tartarugas no próximo ano.

A tartaruga arrau, que pode chegar à média de 80 centímetros de comprimento e habita as bacias dos rios Amazonas e Orenoco, está ameaçada pelo homem, animais predadores e poluição.

 
 

COSTA RICA: Fundação premiada

San José - A ONG Fundecor da Costa Rica ganhou o prêmio Rei Balduíno para o Desenvolvimento Internacional, concedido pela Bélgica, por seu trabalho de conservação da cordilheira Vulcânica Central.

Criada em 1989, a Fundecor - Fundação de Desenvolvimento da Cordilheira Vulcânica Central - deu assistência técnica a pequenos proprietários para exploração sustentável da madeira através de 450 convênios, e apoiou 2500 pessoas com programas de manejo florestal.

A fundação também colocou em prática um programa de venda de oxigênio, pelo qual se paga US$ 10 para cada hectare de floresta destinado à conservação.

 
 

PERU: Sem teleférico

Lima - O governo do Peru revogou a permissão concedida em meados de 2000 a uma empresa internacional para construir e operar um teleférico no santuário arqueológico de Machu Pichu, devido ao impacto ambiental que teria uma afluência maior de turistas ao local.

Todos os dias, 1200 turistas chegam a Machu Pichu, cidade de pedra encravada em uma montanha tropical a noroeste de Cusco, e o teleférico duplicaria a quantidade, justificou o Instituto Nacional de Recursos Naturais. Machu Pichu, um legado histórico do império inca, foi declarado patrimônio do mundo pela Unesco.



* Fonte: Inter Press Service.


Copyright © 2001 Tierramérica. Todos los Derechos Reservados