¿Lo Sabías?
PNUMAPNUD
Edición Impresa
MEDIOAMBIENTE Y DESARROLLO
 
Inter Press Service
Buscar Archivo de ejemplares Audio
 
  Home Page
  Ejemplar actual
  Reportajes
  Análisis
  Acentos
  Ecobreves
  Libros
  Galería
  Ediciones especiales
  Gente de Tierramérica
                Grandes
              Plumas
   Diálogos
 
Protocolo de Kyoto
 
Especial de Mesoamérica
 
Especial de Agua de Tierramérica
  ¿Quiénes somos?
 
Galería de fotos
  Inter Press Service
Principal fuente de información
sobre temas globales de seguridad humana
  PNUD
Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo
  PNUMA
Programa de las Naciones Unidas para el Medio Ambiente
 
Você sabia?


Geleiras

Geleiras no sul da Argentina e do Chile, bem como na Áustria, estão derretendo em ritmo acelerado, segundo novos relatórios divulgados no início de outubro. As altas temperaturas do último verão podem ser as causas da deterioração destas massas de gelo, um dos mais efetivos indicadores das variações climáticas.

1. O que são geleiras?
- São grandes massas de neve, gelo cristalizado e pedaços de rochas que se acumulam em grandes quantidades. As geleiras podem fluir costa abaixo ou lateralmente devido ao seu próprio peso até desembocar em sistemas hídricos. Podem derreter, evaporar ou dar lugar à formação de icebergs

2. Como se formam?
- As geleiras se formam quando as nevadas anuais em uma região excedem sobremaneira à porcentagem de neve e gelo que se derrete durante o verão. Desta forma, grande quantidade de material se acumula em um período geológico relativamente curto.

3. Onde são encontradas?
- Encontra-se em todos os continentes, menos na Austrália. Dos 33 milhões de quilômetros cúbicos de gelo glacial, mais de 90% estão na Groenlândia e Antártida.

4. Por que são importantes?
- Entre outras coisas, porque o gelo das geleiras constitui a maior reserva de água doce do planeta e a segunda reserva de água depois dos oceanos.

5. Que tipos de geleira existem?
- As montanhosas, relativamente pequenas, encontradas a grandes altitudes nas montanhas. As continentais, que são maiores e cobrem grandes extensões da superfície terrestre. Por sua temperatura, são classificadas como temperadas onde a temperatura do gelo se aproxima do ponto de fusão, e polares, onde o gelo se mantém a uma temperatura abaixo de zero grau centígrado.

6. Que relação há com a Pequena Idade do Gelo?
- Estima-se que nesse período, entre o século XVI e XIX, houve um esfriamento que causou um avanço importante das geleiras.

7. Por que é importante monitorá-las?
- Porque são um dos indicadores mais confiáveis de variação na temperatura do planeta. Cientistas descobriram que podem obter uma medida média da temperatura global estudando mudanças nas geleiras por meio do uso de satélites.

8. São todas as geleiras bons indicadores da mudança climática?
- Apenas geleiras pequenas, específicas, o são, entre outras coisas por serem mais fáceis de serem medidas com precisão. São feitas imagens via satélite dessas geleiras por no mínimo cinco anos em diferentes partes do mundo antes de ser possível determinar as tendências do clima.

9. O que aconteceria se derretessem?
- A água que contêm poderia aumentar o nível do mar em cerca de 66 metros e provocar efeitos negativos em cidades litorâneas.

http://earthobservatory.nasa.gov:81/Study/Glaciers/glaciers.html

http://visibleearth.nasa.gov/Cryosphere/Snow_Ice/Glaciers.html

http://alerce.pntic.mec.es/~mala0017/




Copyright © 2007 Tierramérica. Todos los Derechos Reservados